CENTRO CULTURAL DOS CORREIOS

Exposições
Um Século de Vivência num Porto Moderno: Rio de Janeiro – 1910/2010
Exposição fotográfica resgata história da Região Portuária.
A região portuária do Rio de Janeiro guarda uma rica história conhecida por alguns e presente no cotidiano de muitos que habitam a área. A exposição fotográfica “Um Século de Vivência num Porto Moderno: Rio de Janeiro, 1910-2010” – no período de 23 de novembro a 8 de janeiro de 2012 – resgata o processo histórico de desenvolvimento desse pedaço da cidade e retrata, de maneira especial, vivências da população ao longo de um século. Durante a mostra, também serão realizados Seminários e Oficinas destinados a professores, estudantes e ao público em geral…


A mostra reúne fotografias e material inédito, como mapas, cenários e vídeos com várias histórias de vida, tendo como base as pesquisas desenvolvidas por Fernando Dumas (Fiocruz), e pelo historiador Cezar Honorato (UFF). O fotógrafo Thony Serdoura apresenta imagens contemporâneas das vivências locais e dois cenários em que se destacam os principais pontos de referência da região.
A exposição ocupa dois salões no 3º andar do Centro Cultural Correios: no primeiro salão estão expostas cerca de 90 fotografias que contam a história da vida cotidiana na região ao longo do século 20; no segundo a mostra apresenta a contemporaneidade, com projetos e iniciativas sociais, culturais e urbanísticas que articulam o futuro da zona portuária com o resgate de seu passado histórico e de suas tradições.
O público poderá conhecer acervos históricos, retratando diversos aspectos da vida cotidiana na região portuária, principalmente, o período entre as décadas de 1930 e 1970, quando foi realizada uma série de intervenções urbanísticas na cidade, criando um ambiente de isolamento dos bairros que integram geograficamente a região. Entre os projetos de revitalização da época, destacam-se a construção da Avenida Presidente Vargas, do Elevado da Perimetral e o alargamento da Avenida Francisco Bicalho, incluindo a construção da Rodoviária Novo Rio.
A exposição exibe também 20 pequenos filmes – de um minuto cada – produzidos a partir das histórias de pessoas que vivem e/ou trabalham na área formada pelos bairros Saúde, Gamboa e Santo Cristo. Uma paisagem configurada por velhos casarões e sobrados de dois a três pavimentos, erguidos em ruas estreitas e sinuosas, compatíveis com o uso de carruagens e animais. A região ficou conhecida como a “Pequena África”, termo cunhado pelo compositor Heitor dos Prazeres para designar o território que se estendia da zona do cais do porto até a Cidade Nova.
Serviço:
Exposição; “Um Século de Vivência num Porto Moderno: Rio de Janeiro – 1910/2010”
Abertura: 23 de novembro, às 19h
Visitação: de 24 de novembro a 8 de janeiro de 2012
Local: Centro Cultural Correios – Rua Visconde de Itaboraí, 20 – Centro do Rio de Janeiro-RJ
Visitação: de terça a domingo, de 12h as 19h – GRÁTIS
Telefones: (21) 2253-1580
Patrocínio: Correios
Apoio: Prefeitura do Rio de Janeiro
Realização: Centro Cultural Correios
Rua Visconde de Itaboraí 20
20010-976
Rio de Janeiro